Guerra nas Estrelas: Comando Rebelde, elenco principal

Bom, sem mais delongas, aqui está o pessoal que está metido com aquela galera da Aliança:

Jared Magre: aos vinte e poucos anos, Jared é filho de um jedi consular que desapareceu durante as Guerras Clônicas. Ele ainda está incerto quanto à sua participação no comando, mas depois dos primeiros sucessos infiltrando-se com “a galera” na universidade em Procopia, ele parece mais promissor que nunca.

Triziana Say: de adepta sith por correspondência a piloto comercial interestelar e guerrilheira rebelde parece um salto e tanto para esta Zabrak que tenta descobrir os mistérios sobre o passado da sua mãe, e que apenas um outro jedi pode explicar. Até agora não apareceu nenhum, mas ela é paciente e perseverante.

Hallana Quel-Gi: mercenária escrota do quinto dos infernos da galáxia com um cargueiro espacial ligeiramente menor que um Blockade Runner e uma tripulação que parece uma mistura dos Trapalhões com o setor de almoxarifado de um órgão de serviços públicos. Tem a mania irritante de puxar seus sabres de luz sith (lembrança do avô também contrabandista) sempre que se sente insegura sobre a capacidade de mandar seus inimigos pro outro lado da Força com seu blaster.

Leh’ath (Slice) VerlsKhel: se os Comandos Imperiais fossem a CIA, este Twi’Lek seria com certeza da Al-Qaeda. Treinado pelo Império como insurgente profissional, ele decidiu deixar a vida de agente duplo para trás e terminar de %$#@! com a vida do Império nos dois expedientes. Sério, profissional e talvez só um pouco mais sisudo que o normal quando Triz e Hallana fazem coisas que deixam o cabelo de qualquer um branco. Sorte que ele não tem cabelo.

Dass Kasra Artis: piloto imperial, oficial especialista em primeiro contato com civilizações alienígenas. Profissional, controlado e amável. Ou era, até que o Império explodiu o planeta onde estavam sua mulher e filho. Oops. Corta para piloto de caça frio e calculista, com uma lista de extermínio de caças TIE maior que o nome de família de um Hutt. Bom, pelo menos não faltam soldados do Império para dar cabo.

Derek Okai: até outro dia ele achava que estava tudo bem — ia combater os inimigos da República como parte do Grande Exército de Clones e… como assim, “já se passaram vinte anos”?! E o treinamento de guerreiro mandaloriano? Cadê os Jedi? Como assim, “fale baixo”? A vantagem é que ninguém acredita que um garoto de 16 anos de idade possa ter o conhecimento acumulado de gerações de uma raça de mercenários tão eficientes que até o Sith os contrataram para lutar contra os Jedi.

Tem alguns coadjuvantes, alguns inimigos, aliados, robôs e espaçonaves, mas fica pra outro post.

Anúncios

Guerra nas Estrelas: Comando Rebelde, sessão 2

Após a chegada ao espaçoporto de Procopia, a galera resolveu passear de mag-trem e descobriu um ponto onde parecia provável encontrar um contato da célula rebelde local: o campus da Universidade de Entelle, centro secular de ensino do Sistema Tapani. Assim que conseguiram largar suas tralhas em um dos inúmeros alojamentos ao redor do campus (e verificar que havia um sem-número de bares e muquifos similares na área), eles dirigiram-se ao campus, entre grupos de estudantes e turistas. Não foi sem susto que viram dois jovens bem-vestidos iniciarem uma discussão que rapidamente degringolou em um duelo de sabres-de-luz! Jared identificou os sabres como sabres usados em treino, não tendo nem um décimo da capacidade destrutiva de um sabre-de-luz real. E também notou que os dois combatentes não tinham a menor idéia de como usar os sabres à maneira Jedi. Continue lendo

Guerra nas Estrelas: Comando Rebelde, Sessão 0 e 1

No retorno dos Sábados One More Time, uma palavra-chave para nossas sessões de jogo habituais após um longo inverno de incompatibilidade de dia e horário entre os membros do grupo, temos uma nova campanha, de Guerra nas Estrelas (ambientada durante os eventos de O Império Contra-Ataca), e que utiliza Risus como sistema.

O grupo é composto de recrutas ecléticos (para dizer o mínimo), que farão parte de uma unidade de comandos – tropas especiais – especializada em ataques cirúrgicos contra o império. Como é de praxe em uma campanha de Guerra nas Estrelas, a presença de dróides e naves espaciais é constante, e no caso de alguns personagens, parte integrante de suas fichas. Continue lendo