Soron-Hên, o Anel da Visão – Cronologia de campanha

sda

E aí pessoal? Estou voltando com mais uma cronologia das campanhas narradas em tempos passados na Terra Média. A crônica tem como base os eventos que se seguem após a queda do reino de Arthedain, onde os heróis são envolvidos indiretamente nos fatos canônicos de Eriador, e se confrontam com Celebeth, um traidor da casa de Arthedain.

 Crônica: Soron-Hên, o Anel da Visão
Sistema: CODA
Duração: 2008 a 2009

Personagens: Banazîr Sinyë (mestre de sabedoria dunadán), Ithron Anor (mágico dunadán), Maethor Megilfein (guerreiro dunadán), Beleghûn Forod (mestre de sabedoria dunadán) e Hiril Cúran (nobre dunadán).

 

Cronologia Histórica

  • 1976 TE: Aranarth recebe o titulo de líder do Dúnedain. As heranças de Arnor são confiadas a custodia de Elrond.
  • 1977 TE: Frumgar conduz os éothéod para o norte.
  • 1979 TE: Bucca do pântano se torna o primeiro Thain do condado.
  • 1980 TE: O Rei dos bruxos vem para Mordor e ali reúne os Nazgûl. Um balrog aparece em Moria e mata Durin VI.
  • 1981 TE: Assassinado Náin I. Os anões fogem de Moria. Muitos dos elfos da floresta de Lórien fogem para o sul. Desaparece Amroth e Ninrondel.
  • 1999 TE: Thráin I vem para Erebor e funda um reino de anões “sob-a-montanha”.
  • 2000 TE: Os Nazgûl saem de Mordor e sitiam Minas Ithil.
  • 2002 TE: Queda de Minas Ithil, posteriormente conhecida como Minas Morgul. O Palantír e capturado.

Personagens históricos: Aranarth (o Rei no exílio), Elrond (senhor de Valfenda), Glorfindel (líder da casa da flor dourada de Gondolin), Radagast, o mago castanho; Mithrandir, o mago cinzento (Gandalf), Thranduil (Rei dos elfos da floresta das trevas), Legolas (filho de Thranduil).

Cronologia

1976 TE: Junho

15- Chegada dos Anões a Bri. Encontro com Banazîr nas primeiras horas do dia. E a partida para as montanhas Azuis.

17- Encontro com Radagast, o castanho. Banazîr descobre que Celebeth está partindo para o leste.

18- O mago castanho parte ao amanhecer, dizendo que aguardará Banazîr na Carrocha.

20- Chegada à ponte do Brandevin.

26- O grupo chega ao fim do Condado e sai da estrada na direção norte.

28- O grupo é atacado por um pequeno grupo de Orcs[1] nas proximidades do rio Lûn. Mas consegue escapar.

29- Durante o dia o grupo consegue fazer uma emboscada para os Orcs, evitando uma futura perseguição durante a noite.

30- Os viajantes chegam até um dos afluentes do rio Lûn, e descansa na macieira. Banazîr fala sobre o velho anão que vive nas colinas, e Frerin o reconhece como um parente distante.

1976 TE: Julho

3- Banazîr e os anões chegam às montanhas azuis, e toma o salão principal, Frerin recupera o Elmo-do-rei[2]. Banazîr recebe um presente do rei, e é convidado a ficar nas minas.

1976 TE: Setembro[3]

27- Morte de Adangil, mestre de Ithron.

1976 TE: Outubro

1- Ithron coloca a barca funerária do seu mestre no Brandevin. Encontro do mágico com Radagast, que o envia para procurar Banazîr. Hiril encontra-se com Aranarth[4] no crepúsculo, o rei no exílio fala sobre os rumores de cativos em Angmar. Ela se disfarça e parti a procurar de Banazîr.

2- Nas primeiras horas do dia Ithron se encontra com os elfos. Hiril encontra Camlost (Telumehtar) nas colinas dos túmulos. Ele a salva de uma criatura tumular, e depois os dois partem para o norte.

5- Hiril e Camlost encontram Maethor e Garafglân nas proximidades de Fornost. Devido aos trajes da nobre ambos não a reconhecem.

6- Maethor e Garafglán chegam a Bri e descobrem que a jovem acompanhante de Camlost é Hiril, procuram a ajuda de Meneldir. Oddo envia uma mensagem para Banazîr, o informando sobre a fuga de Hiril.

7- Maethor e Garafglán partem de Bri em busca de Hiril, Maethor promete a Meneldir que só retornará com Hiril.

8- Ithron chega às colinas da torres.

14- O mágico é atacado por Orcs, seu cavalo é ferido, mas os anões das montanhas azuis o salvam. Ithron é levado para as minas, e encontra Banazîr. O sábio mão certeira tem uma visão de uma torre branca em chamas.

18- Hiril e Camlost chegam até os limites de Angmar, ao amanhecer, e depois seguem pelo norte. Maethor e Garafglán chegam aos limites no inicio da tarde, o guardião lê a Estela de Angmar, e depois eles partem para o leste.

20- Banazîr descobre que a torre de sua visão é Minas Ithil, ele procura Frerin e Ithron, e decide partir na alvorada de dois dias. Ainda pela manhã, a mensagem de Oddo chega até Banazîr e Ithron, os dois decidem partir atrás de Hiril, os sábios decidem partir pelo norte, pois o caminho é mais curto, e Banazîr deseja rever o velho Madbung. Maethor e Garafglán encontram Hiril e Camlost.

21- Banazîr e Ithron encontram Ohtar nas proximidades das montanhas azuis. Hiril, Camlost, Maethor e Garafglân são emboscados por Orcs; Camlost consegue escapar, Maethor e Hiril foram feitos prisioneiros, e Garafglán é morto.

23- Hiril e Maethor acordam no acampamento Orc, e Celebeth os recepciona e presenteia Hiril com uma corrente de ouro com um pingente do mesmo metal[5].

24- Banazîr e Ithron chegam a Forochel e descobrem que Celebeth procurou Madbung nos últimos meses.

25- Saída de Forochel.

1976 TE: Novembro[6]

1- Chegada de Banazîr e Ithron as colinas do vesperturvo. Eles encontram os restos mortais de Ventos Cortantes, e os sepultam, junto com os fragmentos de suas espadas.

2- Partida das colinas do vesperturvo.

17- Passagem por Bri, os viajantes encontram-se com o sábio Beleghûn, que após receber as notícias que Banazîr portava, decide acompanhá-lo. Chegada à casa de Ithron. Celebeth enfeitiça Hiril e lhe dar o Soron-hén, e manda os Orcs deixá-la na extremidade leste das montanhas sombrias.

18- Encontro com Camlost, que os dar notícias sobre Hiril e Maethor.

21- Chegada à ponte do Frontegris. Encontro de Banazîr com Glorfindel. Ao fim da tarde encontro do grupo com Aranarth. Ithron e Beleghûn decidem partir para a Carrocha ao encontro de Radagast. Banazîr retorna para Bri, para mobilizar o resgate de Hiril. O grupo inicia a travessia do passo alto à noite.

23- Chegada a Carrocha e o encontro com Radagast, o pardo. O grupo adentra a floresta das trevas, é atacado pelas aranhas, um grupo de homens comandados por Mertis, os ajudam.

25- Partida de Radagast na floresta. Os caminhantes ficam sozinhos seguindo a trilha.

1976 TE: Dezembro

1- Retorno de Radagast, nas proximidades do rio Encantado. Ataque dos Orcs, Ithron e Beleghûn capturados, Radagast escapa.

2- Ithron e Beleghûn escapam dos Orcs.

4- Chegada aos Salões o rei Tranduil. Reencontro com Radagast, e recepção com o rei Elfíco. Tem inicio a estada dos viajantes no reino élfico.

7- Apresentação de Daeron, o menestrel na Praça do Reino da Floresta das Trevas.

1977 TE: Janeiro

3- Banquete com o rei élfico, e a explanação da viagem para o leste. Primeiro encontro de Celebeth e Gilrhûn.

4- Partida dos Salões Elfícos, viagem para Dorwinion de barco, Ithron, Beleghûn, Maura (o comerciante) e Rúmil (o elfo).

5- O grupo é atacado por Orcs nas primeiras horas do dia, Beleghûn é ferido.

8- O grupo é emboscado no rio corrente, na altura onde o mesmo volta a cortar a Floresta das Trevas; Rúmil é morto, Ithron desaparece nas águas, Beleghûn e novamente ferido, mas consegue escapar com Maura (que perdeu uma parte do braço), o comerciante.

9- Ithron acorda na margem oeste e parte para o sul. Beleghûn na margem leste parte com Maura para a mesma direção.

12- Ithron encontra Gilrhûn, em acampamento destruído pelos Orcs.

14- Ithron e a jovem, encontram um acampamento nômade. E conhece Hortus, líder da comitiva.

15- Beleghûn e Maura desmaiam na grande planície do leste. Partida de Ithron e Gilrhûn da comitiva recebem Vendaval[7] de presente.

17- Beleghûn e Maura são encontrados e levados para a grande caravana de mercadores, esta comandada por Melcarthes; Maura descobre que sua família foi morta, e os seus vinhedos tomados, e ambos passam a morar na caravana. Beleghûn passa a ser chamado de Cúadan.

24- Os Orcs deixam Hiril próximo aos campos de lis.

25- O jovem Hobitt, Bungo, encontra Hiril e a ajuda; ela esta sob o encanto de esquecimento e não lembra nem como andar.

1977 TE: Fevereiro

9- Com o passar dos dias Hiril vai retornando a memória, então Celebeth, tenta se passar por irmão da nobre, mas é atrasado por Cerch Imbeliam, que o perseguia. Hiril retorna boa parte de sua consciência, e o elfo a envia para Lórien, em seu corcel Hamanulas; no caminho ela é perseguida por Celebeth e um dos espectros. Ela chega a Lórien, e encontra-se com Galadriel. Hiril está com o Soron-hén.

14- Passeio com Miriel, no vale do riacho escuro. Cerch captura Celebeth. Hiril conversa com Celebeth.

1977 TE: Março

1- Hiril decide destruir o Soron-Hén, comunica a sua decisão a senhora de Lórien; ela manda a dunadain procurar por mestre Elrond, pois ele pode destruir o anel, Cerch se oferece para acompanha-lá na viagem, Miriel diz a Hiril que Cerch nunca mais retornará desta viagem.

2- Hiril e Cerch partem de Lórien.

3- Acidente de Hiril no Passo do Chifre Vermelho, nas primeiras horas da manhã. Ao anoitecer encontro com Camlost.

9- Chegada a Valfenda. Encontro com Aranarth, e conversa com Mestre Elrond, o anel corrompe Hiril e ela decide não destrui-lo.

1977 TE: Maio

4- Banazîr resgata os cativos de Angmar, entre eles o pai de Maethor, Cyriatan.

1977 TE: Junho

3- Chegada de Ithron e Gilrhûn à Dorwinion, o mágico se estala os vinhedos da jovem.

9- Hiril parte de Valfenda na companhia de Cerch, levando o Soron-hén.

12- Hiril e Cerch foram emboscados no topo do vento; o elfo é morto durante o ataque, a nobre é salva por Banazîr, mas está gravemente ferida. O Soron-hén desaparece, alguns Orcs escapam.

19- Encontro de Hiril e Banazîr.

21- Hiril falece em Bri, Meneldir perdeu os seus dois filhos.

1977 TE: Agosto

5- Banazîr chega a Valfenda.

 1977 TE: Setembro

10- Primeira Viagem de Gilrhûn.

1978 TE: Janeiro

13- Casamento de Ithron e Gilrhûn.

26- Beleghûn e aceito permanentemente como membro da caravana do senhor Melcarthes.

1980 TE: Setembro

10- Segunda viagem de Gilrhûn.

11- Ithron passa a fazer treinos diários com Vendaval.

23- Banazîr chega a Lórien.

29- Miriel toma um barco em direção a Valinor.

 1983 TE: Setembro

13- Terceira viagem de Gilrhûn.

1985 TE: Junho

27- Nascimento de Adan Borgil, filho de Ithron e Gilrhûn.

1985 TE: Novembro

2- Ithron torna-se um mestre na arte da fabricação do vinho. O vinhedo da família passa a ter grandes lucros desde período em diante.

1987 TE: Janeiro

20- Celebeth escapa de Lórien.

22- Banazîr Parte em busca de Celebeth.

1987 TE: Abril

14- Banazîr chega aos Salões de Tranduil, e tem noticias de Beleghûn e Ithron.

21- Celebeth retorna a Angmar e recupera o Soron-hén, descobre os planos dos dunedains e o destino de Beleghûn.

1989 TE: Setembro

8- Quarta viagem de Gilrhûn.

1989 TE: Outubro

17- Celebeth chega às terras do Leste.

1992 TE: Setembro

16- Quinta viagem de Gilrhûn, segundo encontro com Celebeth.

1995 TE: Setembro

19- Sexta e última viagem de Gilrhûn. Terceiro encontro com Celebeth.

1997 TE: Abril

4- Celebeth encontra Gilrhûn em Dorwinion, e dar o Soron-hén de presente ao filho de Ithron.

1997 TE: Junho

21- Melcarthes envia 100 homens para o sudoeste, Beleghûn está entre eles. Último encontro de Beleghûn com Maura. Ithron conversa com Vendaval. O mágico tem seu último encontro com Maura, e descobre o destino do seu companheiro, e os planos do Deus rei, e envia uma mensagem a Beleghûn. Gilrhûn mata Maura; Ithron desvenda toda a trama da sua esposa e Celebeth, e descobre que Maura e pai de Gilrhûn. Ithron decide não participar da grande corrida do leste, mas envia seu filho para substitui-lo, o mágico parte de Dorwinion.

22- Beleghûn recebe a mensagem de Ithron, e decide prosseguir na caravana, e envia uma nova mensagem para o seu amigo. Ithron avista a caravana de Beleghûn, mas não consegue alcançá-la.

23- Ao amanhecer, Beleghûn parte em uma pequena comitiva liderada pelo II Tenente Beldar; a tarde a comitiva chega a cidadela dos mortos. Ithron persegue o seu companheiro. A noite Beleghûn e Ithron se encontram na cidadela, conhecem Niandro o Amaldiçoado, e são atacados por Lacatos o lobisomem.

24¬- Nas primeiras horas do novo dia, os viajantes vencem Lacatos. Beleghûn e seduzido pelo Soron-hên, Ithron toma o anel e parte, Beleghûn o persegue.

27- Banazîr tem informações de 100 homens armados em direção a floresta das trevas; o sábio envia uma mensagem a Thranduil.

1997 TE: Julho

10- Ithron encontra a caravana do sábio do deserto Hortus, e Banazîr que estava à procura dos viajantes. Beleghun encontra a Caravana e ambos têm uma longa conversa com Banazîr.

11- Reunião com hortus, Banazîr, Ithron e Beleghûn sobre a decisão da demanda. Ithron torna-se o guardião do anel, e Beleghûn partirá com Banazîr ao ataque a comitiva de Remmirath. Hortus envia batedores para localizar o exercito inimigo e convocar seus homens.

12- Retornam os batedores com a informação da localização do exercito inimigo.

13- Nova mensagem dos batedores. Chegada dos elfos da floresta das trevas.

14- Chegada de Seraphís o capitão dos homens de Hortus. Partida de Banazîr, Beleghûn, elfos e os homens de Hortus.

15- Nas primeiras horas da manhã combate com os homens de Remirath. Beleghûn é gravemente ferido. Ithron parte da comitiva.

17- Beleghûn retoma a consciência.

25- Banazîr e Beleghûn partem para a floresta das trevas.

1997 TE: Agosto

9- Chegada de Ithron a floresta das trevas, o Soron-Hên é destruído pelos elfos da floresta.

10- Ithron parte para Dorwinion.

19- Chegada de Banazîr e Beleghûn a floresta das trevas; os viajantes tem noticia de Ithron e da destruição do Soron-Hên.

22- Partida da Floresta das trevas.

1997 TE: Setembro

21- Chegada de Banazîr e Beleghûn a Gondor (Minas Anor).

22- Reencontro de Beleghûn e Sellithil, o sábio pede a sua amada em casamento.

29- Chegada de Ithron a Dorwinion, reencontro com Adan e Gilrhûn.

1997 TE: Outubro

1- Casamento de Beleghûn com Sellithil – a pedidos de Banazîr ao príncipe, o mesmo é realizado em cerimônia discreta na arvore branca.

7- Ithron se desfaz da vinícola e parte com a sua família para Bri.

 1997 TE: Novembro

27- Chegada de Ithron e família a floresta das trevas, reencontro com Radagast.

29- Partida de Ithron, Radagast e Familia para Bri.

1997 TE: Dezembro

25- Chegada a Bri. Radagast hospeda-se na casa de Ithron.

Aqui termina a história dos bravos dunedains que partiram para o leste em busca de descobrir o motivo que alimentava o ódio dos homens daquela terra, contra os homens do ponente. O que se sabe é que esses homens provaram o seu valor, ao arriscar a suas próprias vidas na busca de uma informação de vital importância para os reinos do oeste. O que descobriram ficaram no conhecimento dos sábios, mas logo os mesmos chegaram à conclusão que suas descobertas foram feitas tarde demais.

Notas

[1] Acredita-se que o pequeno grupo de Orcs tenha vindo pelo norte contornando as colinas do vesperturvo.

[2] O elmo-do-rei, é um dos artefatos antigos criados pólos anões de Belegost, ele é mais conhecido como o Elmo dragontino de Balegost.

[3] Apartir de Setembro de 1976 TE,  as histórias de Ithron, Maethor e Hiril começam a cruzar com as andanças de Banazîr.

[4] Na verdade era Celebeth que estava disfarçado de Aranarth. Aproveitando o ensejo de a jovem nunca ter visto o descendente de Isildur.

[5] Esta pertencia ao seu irmão, e continha os retratos da nobre e de sua mãe.

[6] Apartir de novembro o destino de Beleghûn, cruza com os de Banazîr e Ithron.

[7] Presente de Hortus, o sábio do deserto, para Ithron.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s