RPGs para se jogar antes de morrer (ou pelo menos até o final do ano)

Recentemente, o rudemangueboy e o Fernando Fenrir, em seus respectivos blogs (vejam os links, preguiçosos!) fizeram posts interessantíssimos sobre 10 RPGs que ele achavam indispensáveis (ou que valiam pelo menos uma sessão de teste) e que talvez (provavelmente) não fossem jogar antes de morrer, mas que certamente deveriam. Continue lendo

Anúncios

Táqui o seu GNS!

Bom, esse post não é meu, é do Jeff, autor do Jeff’s Gameblog, que vocês podem checar na minha lista de blogs. O cara escreve basicamente sobre RPGs Old-School (e de forma muito legal), além de ser um seguidor do Shatnerismo. Em resposta à teoria GNS de RPG (que vocês podem verificar, traduzida, bonitinha, no blog dos Cavaleiros das Noites Insones), o Jeff escreveu o I got your threefold model right here, buddy!, que eu (com a devida permissão) traduzi, adaptei e apresento agora a vocês: Continue lendo

Mini-Campanhas

Não sei se acontece com vocês, mas eu tenho um problema com campanhas longas – pois se não for algo que eu realmente queira rodar, vai estar fadado ao fracasso e esquecimento, logo, logo. Além disso, existem também os problemas com os jogadores: se eles também não gostarem dos personagens, ambientação, enredo, NPCs, o diabo, a campanha vai pro saco. Continue lendo